Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


A paz de um incendiário

por ornitorrincoquantico, em 17.04.18

Legado-da-Fênix-de-Against-the-Gods.jpg

 

 

Vim a este mundo com um propósito

Todos, aliás

Cada um com sua missão

Cada um com sua sina

Nem todos cientes

Alguns conscientes

Outros perdidos

Mas que há, há

 

O meu propósito descobri ao acaso

Não lembro o dia, nem a hora

Muito menos o local

Só lembro da voz

A voz doce que sussurrou ao meu ouvido

Qual era

Não estava interessado nisso

Amava e queria resolver as questões do coração

minha preocupação maior

Mas o universo sempre quis me chamar para coisas maiores

para expansão do meu ser

 

Raios, quero viver

Não quero preocupações

Maiores ainda do que as que tenho

 

Mas não tem jeito

Sempre me disseram que um dia o chamado vinha

Não acreditava muito

Para mim, era coisa de clérigos 

E eu, réles mortal, inseguro e medroso

Não me achava digno

de um propósito.

 

Mas a gente não apita nada

Somos levados pelas linhas de um roteiro que desconhecemos o teor

mas que trilha nossos passos e permeia nossa existência.

E, enfim, a voz veio

Disse-me

Teu propósito é

Preste muita atenção

Tu veio para tacar fogo no mundo!

 

Eu? Logo eu?

Com essa missão absurda de incendiar um mundo todo?

Que mundo é esse?

O mundo lá fora? O mundo aqui dentro?

Teu mundo? O mundo dele?

Respostas não tive

No máximo, um sonho, apenas:

 

Minha cidade, meu bairro

as ruas onde cresci

As casas que conheço de cor

Minha própria casa

Todas

Em chamas

Fumaça a subir pelos ares

Calor, labaredas, chamas

O mais estranho?

Silêncio

Nenhum grito, nenhum pânico

E eu, completamente pacífico

Com a tranquilidade de um bebê brincando em seu berço

Caminhando entre as chamas

Respirando a fumaça

certo que ajuda viria

até chegar em meu lar

e dizer aos meus

Venham para fora, aí já não se pode mais estar

Estendo a mão

Ofereço a calma

Ofereço a paz...

 

É isso tudo apenas que sei

Quisera eu saber mais

Quisera eu entender mais

Só sei que estou aqui

com um único propósito

Sou fênix

Vim ao mundo para o queimar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:34



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.